DO SENTIDO DADO AOS PASSOS, AOS PASSOS QUE NOS CONSENTIMOS DAR... JAMAIS OS MESMOS DEPOIS DE TRILHAR O DESERTO BRANCO

28
Mai 08
Templo de Zeus, Atenas, Maio 2008

Foi o primeiro grande monumento que visitei ao chegar à Grécia!
OK!, Antes dele passei pelas Portas de Atenas, mas o que me marcou indelevelmente foi o Templo de Zeus. Como o primeiro beijo!
Foi o espaço, os cheiros das ervas secas que me fizeram lembrar o Alentejo e o Algarve, a beleza do monumento, a perfeição do trabalho escultórico que sobreviveu ao tempo, mas que com mais dificuldade sobreviveu à barbárie do Homem. Acho que noutra encarnação ou fui pedreiro, ou fui mesmo pedra, porque não consigo verbalizar a empatia física que sinto com os monumentos... Ou então fui escrava e ajudei a construí-los!
Enquanto a maior parte das pessoas visitava o lugar em 15 minutos, fiquei cerca de 3 horas.
É a única forma de conseguir ver e sentir um bocadinho mais o muito que aquele espaço tem para nos mostrar.
Aqui vos deixo um pouco do que consegui recolher...
publicado por fpg às 23:00

Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
21
22
23
24

25
26
27


RSS
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.