DO SENTIDO DADO AOS PASSOS, AOS PASSOS QUE NOS CONSENTIMOS DAR... JAMAIS OS MESMOS DEPOIS DE TRILHAR O DESERTO BRANCO

05
Fev 09

 

versus selvajaria humana.

Ninguém parou para socorrer o animal ferido.

Nem sequer quando foi óbvio que estava a acontecer um salvamento insólito.

Vergonha...

publicado por fpg às 12:05

04
Fev 09

receber telefonemas de gente que quer cães, pequenos e puros, de raça...

Pois eu quero que vão todos para o raioqueosparta!

publicado por fpg às 04:51

através do modo como julgamos os outros.

publicado por fpg às 04:48

A história acaba aqui, sem choro e sem vela!

publicado por fpg às 04:24

03
Fev 09

Há três coisas que jamais voltam: a flecha disparada, a palavra dita e a oportunidade perdida.

publicado por fpg às 09:27

o documentário que comprei, hoje mesmo, à Born Free

Porque isto é uma beleza.


As desculpas não se pedem; evitam-se.

publicado por fpg às 05:31

02
Fev 09

ouvir as notícias, principalmente as políticas, daquele meu país à beira mar plantado...

Verdade, verdadinha, não me apetece trocá-lo por nenhum outro.

Não sou daquelas que renega a bandeira e passa a vida a dizer mal do próprio Povo.

Mas que a nossa classe política dá vontade de bolsar, lá isso dá.

Há muitos anos.

Ele é gente que não percebe nada da poda, sem carisma, vigaristas, oportunistas, tudómolheeféemdeus que o povinho português barafusta, barafusta, mas ósdespois na hora de votar esquece e, salvo raras excepções, vota sempre nos mesmos, e se não é nuns é noutros com pequenos acrescentos e remendos qu'as alternativas também não são muitas p'ra nossa grande desgraça!

Tudo isto para dizer que, face ao exposto, tão depressa não tenho vontade de para lá voltar.

É que entre aquela classe política e a histeria do futebol, vou continuar a preferir aturar esta insularização a Oriente.

publicado por fpg às 13:29

 

 

 

 

 

Ou recordar as minhas aulas de História Cultural e das Mentalidades do 2o. ano através da magnífica obra de Carl Orff ,Carmina Burana.


 

Aqui fica a enquadrar um documentário sobre o mosteiro de Santa Maria de las Cuevas( da Cartuxa), em Sevilha.


01
Fev 09

Viver em Macau tem algumas vantagens que, nos tempos que correm, são, no mínimo, originais.

Umas delas é o facto de grande parte dos supermercados ainda levar as compras, de montante superior a Mop 300, a casa.

Mas a descoberta mais recente que fiz e que muito me surpreendeu foi a entrega de medicamentos ao domicílio!

E eu vivo em Coloane, numa rua que, para estas paragens, é quase onde o diabo perdeu as botas!

Pois, mesmo assim, como na farmácia a que fui não tinham os medicamentos todos, e eu ía ficar de atestado médico, comprometeram-se a trazermos cá a casa e assim fizeram.

Só falta o Fernando Pessa para dizer:

E esta hein?


Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


RSS
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.