DO SENTIDO DADO AOS PASSOS, AOS PASSOS QUE NOS CONSENTIMOS DAR... JAMAIS OS MESMOS DEPOIS DE TRILHAR O DESERTO BRANCO

30
Nov 06
Bangkok, Maio 2006

Recebi este texto através de email...

Aqui ficam algumas sugestões:

1. Em Novembro, devemos começar a preparar a casa para o novo ano que se aproxima. REMOÇÃO do que se tornou INÚTIL, está IMPERFEITO e provoca LEMBRANÇAS RUINS... Assim, devemos selecionar o que desejamos manter na nossa casa: roupas, calçados, CDs, livros, bijuterias, bonés, objectos diversos, fotos, etc.

2. É preciso mudar a "cara" da casa. Vários aspectos podem ser examinados: trocar quadros de lugar; renovar as fotos dos porta-retratos; modificar a arrumação dos móveis, por exemplo, trocar uma poltrona de lugar; pintar paredes que necessitem disso ou escolher uma parede para ganhar uma nova cor; e uma ação muito importante: renovar as plantas do interior da casa. Levar as actuais para a varanda ou o jardim, e decorar a sala com novas plantas. Se possível, pôr uma orquídea em algum ponto da sala. A orquídea é a flor mais positiva que existe.

3. Utilizar elementos decorativos próprios das Festas. E fruteiras com maçãs, laranjas, tangerinas, uvas, caquis; e pratos com frutas secas, como damasco, tâmaras, uvas-passas, etc. Tudo isso é símbolo de Prosperidade.

4. No Natal, cuidar para que a noite seja de paz, alegre, com a família e amigos reunidos para celebrar o nascimento de Cristo Jesus- porque este é o maior motivo para tanto festejos e, não, a distribuição de presentes... (para quem acredita, o que não é de todo o meu caso - FPG)

5. No Réveillon, muita alegria, mesa farta, casa totalmente ILUMINADA, portas e janelas ABERTAS, para que 2006 se despeça com festejos; e 2007 tenha as boas-vindas como a Esperança pede.

6. As roupas para 31 de Dezembro devem ter VERMELHO (tons que vão do rosa ao púrpura, passando pelo laranja, coral, vinho) ou AMARELO (do claro até ao dourado). Preferindo seguir a tradição do BRANCO, use acessórios num daqueles tons, ou seja, branco com dourado ou branco com vermelho.

7. Motivo dessas cores: 2007 será um ano regido pelos elementos FOGO e ÁGUA, cumprindo o Ciclo Destrutivo das Cores, ou seja, a ÁGUA apagando o FOGO, elemento que rege o Sucesso. Daí que o reconhecimento pessoal, social e profissional exigirá muito mais esforço no próximo ano. Então, o FOGO precisa ser reforçado a partir da noite de 31, e vermelho e amarelo são as cores do elemento FOGO.

8. Mas, além dessas dicas para a casa e as vestimentas, é FUNDAMENTAL que todos se preparem emocionalmente! Terminar o ano torcendo para 2007 chegue logo porque "2006 foi uma droga", porque "não consegui o que queria", porque "aconteceu isso ou aquilo" é terminar o ano de modo triste, negativo. E ninguém merece se sentir assim... Todos devem fazer um exercício positivo, para terminar 2006 com alegria, agradecendo as pequenas vitórias, as conquistas, os encontros e reencontros. O facto de estar vivo e com saúde é o suficiente para se festejar, não é mesmo? E, quem sabe das coisas, vai agradecer até as crises, porque, com elas, cresceram, se transformaram...

9. No dia 18 de fevereiro, começará o Ano do Porco (ou Javali). Um ano em que haverá muitas festas, reuniões, os amigos estarão sempre reunidos, mas haverá ilusão, muita ilusão... Será mais fácil se comportar com ingenuidade, o que provocará decepções. Então, o conselho é viva a vida, mas mantenha-se alerta. O lema é: "Nem tudo é como parece".

10. Do ponto de vista mundial, será um ano em que os conflitos serão maiores. O ano 2007 será FOGO YIN e os anos FOGO YIN são marcados pela violência nos conflitos mundiais. Por exemplo, foi num ano FOGO YIN que Hiroshima e Nagasaki receberam as bombas atômicas, e foi num ano com essa mesma característica que as torres gêmeas caíram sob um ataque terrorista. Daí que se pode prever algo no gênero em 2007. Que Deus tenha piedade dos justos e inocentes!

11. Como curiosidade, no dia primeiro de janeiro, não se pede nada emprestado nem se empresta. E não se toca em tesouras...

Tudo para preservar a Prosperidade e evitar dificuldades durante o ano!
publicado por fpg às 16:58


Em muitas das antigas civilizações os cristais eram utilizados como meio de cura e equilíbrio.
Na Índia, Grécia e Egipto, eram usados para potenciar remédios e auxiliar na prática da medicina, ajudando muitas pessoa a recuperarem a sua saúde e equlíbrio emocional e físico.
Isto porque os cristais amplificam as energias (por isso são usados até nas técnicas relacionadas com transmissões), para além de conterem na forma mais pura, as cores que são necessárias para nosso equilíbrio físico, biológico e espiritual. Os cristais são poderosas ferramentas que trazem, de modo natural, o equilíbrio para as partes físicas, psicológicas e espirituais dos seres humanos.
Eles representam o poder da natureza superior.
Podem ser usados em conjunto com outras terapias, tendo uma afinidade especial com a terapia de cores.
Todos nós temos energias e todos nós podemos transmiti-las para os outros ou absorvê-las, no campo que escolhemos. Os cristais ajudam-nos a fazê-lo, dimensionando-as e ampliando-as. Para que tal seja possível, teremos que limpá-los, energizá-los e programá-los periodicamente. Os cristais podem ser usados nas práticas de meditações e visualizações.
Podemos invocar a presença de um cristal através de nossos pensamentos, apenas imaginando sua cor. Eles aportam energia vibracional de alta frequência, amplificando-a e focalizando-a nas energias naturais do corpo e da mente. É importante saber que quando um cristal entra em contato com o corpo físico, ele absorve muitas energias negativas.
publicado por fpg às 16:41


Estou farta de parquímetros, principalmente dos de apenas duas horas, cuja intenção é instigar a caça fácil à multa. Sim, não venham com tretas!
Encherem ruas residenciais e de serviços, públicos e privados, com essas estúpidas máquinas, para apenas duas horas, tem, por certo, a intenção de encher os bolsos dos broncos e corruptos polícias e das companhias de parques.
Caso contrário, seriam colocados parquímetros com uma duração superior, que não obrigasse as pessoas a estarem com a preocupação de recarregar as máquinas, tendo para isso de (contra a lei) sair do local de trabalho a meio da manhã e da tarde.
Porque me refiro aos polícias como broncos e corruptos? Apenas para não usar uma linguagem mais forte.
Porque estão nas ruas sem fazer nada, à espera que o tempo expire para de imediato, prepotência do poder, aplicarem a multa cuja percentagem receberão.
E não deixa de ser curioso e questionável o facto de tantas vezes multarem os carros cujo parquímetro expirou, deixando impunes outros que em vez de na zona autorizada estão mesmo estacionados em local proíbido (a percentagem que lhes irá para o bolso não deve ser tão significativa nestes casos); ou o de fazerem "andolitá" tu levas e tu não... ou seja, por exemplo, na Rua do Volong, multarem todos os carros que ali estão (OK, já sabemos que é proíbido), abrindo uma excepção para o bonito Jaguar azul/cinza metalizado cujo dono provavelmente dá uns maravilhosos lai-si, não só em período de Ano Novo Chinês...
É este o espelho da administração que se quer transparente!
Lá me lembro outra vez d' "O Triunfo dos Porcos"!
publicado por fpg às 16:33

Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27


RSS
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO