DO SENTIDO DADO AOS PASSOS, AOS PASSOS QUE NOS CONSENTIMOS DAR... JAMAIS OS MESMOS DEPOIS DE TRILHAR O DESERTO BRANCO

28
Jan 07
Acabei de chegar da rua, depois de ter vestido a pele de caça-fantasmas (em pijama, de pantufas e casaco comprido), caso contrário a minha empregada teria passado toda a noite encolhida em cima da cama a mandar SMS's alarmantes a todas a suas conhecidas.
Quando chegou a casa disse-me com ar assustado:
- Ma'am, I saw the lady with long wihte hair...
- Which lady? Where?
- There, near the bus stop, in the down...
- Maybe she is just walking.
- No, she is there in the middle op the trees (e faz o gesto de alguém a pairar).
- Probably is a statue.
- No. Is the pirst time; I'm nérbous... Eberytime I returned prom church on Wednesdays, I néber saw her...
Fiquei a pensar cá com os meus botões que talvez se tratasse de uma chinesa excêntrica!
Passado cerca de 1 hora tive de ir perguntar-lhe algo... A rapariga estava encolhida em cima da cama, às escuras, a mandar mensagens...
Só me disse:
- Ma'am... the lady...
Para evitar que a criatura passasse noite aterrorizada, obriguei-a a meter-se no carro e lá fomos em busca do que poderia ser o " Milagre das Aparições na Estrada da Aldeia".
Quando parámos no local certo não queria sair do carro. Tive de insistir. Pusémo-nos a olhar para os arbustos na direcção da piscina de Cheok Van e lá estava ela, a lady de cabelos brancos compridos; quando me ouviu desatar às gargalhadas percebeu - é uma imagem de uma virgem não sei de quê...
- Oooh Ma'am, thank you ma'am!
No entretanto tinha alertado uma outra empregada que estava de regresso aqui à rua.
Essa, ficou tão acagaçada que obrigou os patrões a irem buscá-la de carro! Recusou-se a fazer o caminho sozinha!
Não há dúvida de que o meu fim de dia foi emocionante; antes, sem que desse por isso, 9 dos cães aqui de casa apanharam o portão aberto e foram em animada correria para a rua - lá andei feita caça-cães, também em pijama e pantufas. Sim, porque não dava para perder tempo a vestir-me quando quase toda a matilha andava à solta. E como vivo na Estrada da Aldeia...
Pelos vistos não foi a lady with long white hair que lhes abriu o portão... fui mesmo eu que o deixei mal fechado!
publicado por fpg às 21:49

Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


27



RSS
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.