DO SENTIDO DADO AOS PASSOS, AOS PASSOS QUE NOS CONSENTIMOS DAR... JAMAIS OS MESMOS DEPOIS DE TRILHAR O DESERTO BRANCO

21
Mar 07
Timphu, Butão, Abril de 2002

 
publicado por fpg às 17:31

Aqui nesta terra amanheceu cinzenta.
Como é hábito.
À tarde, o Sol, graças a muita persistência, lá conseguiu furar o pesado manto de nuvens que há vários dias nos cobre, qual capacete de chumbo.
O frio extemporâneo parece que se vai embora. Teve que dar um ar da sua graça para que as carnudas e rubras kapok pudessem florir e cair.
Porque, segundo a tradição, só quando isso acontece o frio partiu até ao próximo Inverno.
publicado por fpg às 17:31

Há males que vêm por bem.

publicado por fpg às 17:30


Sri Lanka, Janeiro 2000
Para as rosas, escreveu alguém, o jardineiro é eterno.
Machado de Assis


Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


24



RSS
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO